Eu Já Sai de Casa - Poema

Só quem já saiu de casa sabe a falta que faz ter roupa lavada, comida pronta, louça limpa, não ter contas como aluguel e luz pra pagar.
Mas só quem já saiu de casa sabe a falta que faz aquele almoço em família.
Sentar na sala e assistir um filme com os pais.
Chegar da aula e contar como foi na escola.
Entrar na cozinha e beliscar algo da panela sem o almoço está pronto.
Sentir-se triste e pedir colo de mãe.

Só quem já saiu de casa sabe o que é viver só. Chorar só, rir só e querer voltar no tempo e vê com outros olhos tudo que viveu na antiga casa, que ainda é sua, mas que a vida não lhe permite voltar e ficar.

E quem ainda não saiu de casa, que quando sair não pense que a vida de quem mora sozinho só tem trabalho doméstico, festas, sexo, contas a pagar...

A vida de quem mora sozinho meus caros, tem menos amor, menos colo, menos abraços, menos carinho, menos barulho e quartos cheios de solidão.

Pesquisar conteúdos